Invista no seu futuro

Gestão e Inovação em Cidades Inteligentes

Cidades que são pura tecnologia, planejadas, conectadas, sustentáveis, voltadas para a mobilidade e políticas urbanas, já são uma realidade e estão espalhadas pelo mundo.

  • MENSALIDADE 2020 INTEGRAL:R$ 340,00
  • Mensalidade de 2020 com desconto para Alumnis (ex-alunos) formados na Facens/ Empresas Parceiras: R$ 340,00 (matrícula) + 23x R$ 272,00*
  • Mensalidade 2020 com desconto para formandos Facens 2019: R$ 340,00 (matrícula) + 23x R$ 238,00*
  • Carga Horária: 480h (24 meses)



Já sou inscrito

Qual a minha vantagem competitiva depois do curso?

Este curso pretende ser o elo entre gestores e especialistas do Brasil e do mundo, criteriosamente selecionados, que estão estudando as transformações globais que afetam as cidades e os conglomerados, com vista a formar líderes aptos a atuarem no novo cenário da economia compartilhada. Buscam tornar espaços urbanos mais humanos, sustentáveis e inteligentes.

O egresso terá sólida formação em gestão e conhecerá as tendências e inovações que podem ser aplicadas aos conglomerados e às cidades, para deixá-las mais inteligentes, humanas e sustentáveis, com visão holística sobre os principais cases nacionais e internacionais, bem como as melhores práticas em: energia, saúde e qualidade de vida, indústria, educação, mobilidade urbana, transportes, segurança e cybersegurança, tecnologia da informação e comunicação, inovação social, meio ambiente, arquitetura e urbanismo e novos modelos de negócios

*International Experience*

É um módulo opcional que será oferecido ao final do curso e dependerá do interesse de um grupo mínimo de alunos. Todos os custos de viagem, incluindo transporte e hospedagem, serão todos de responsabilidade dos interessados.

O módulo prevê uma visita monitorada ao Smart City Expo, maior evento de cidades inteligentes da Europa. Mais informações em http://www.smartcityexpo.com/en/, bem como à Universidade de Lleida, onde os alunos poderão participar de palestras e visitas guiadas especialmente idealizadas para os participantes.

Prefeitos, Secretários, Vereadores, Assessores, Funcionários Públicos, Empresários, Diretores, Arquitetos, Urbanistas, Gestores de Condomínios, de Shopping Centers, de Complexos Logísticos, de Entidades Educacionais, Empreendedores, Visionários e Engenheiros, Executivos interessados ou já engajados no novo conceito de cidades, complexos ou campus inteligentes, com uma nova visão humanizada voltada à eficiência ambiental e do convívio social.

Desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes para inspirar líderes a compreenderem, analisarem e proporem soluções disruptivas às questões multidisciplinares, direcionadas à gestão e inovação de cidades e aglomerados inteligentes e sustentáveis, pensando e atuando de forma sistêmica, humana e holística nas dimensões: Tecnologia da Informação e Comunicação; Educação, Cultura e Arte; Energia; Saúde e Qualidade de Vida; Mobilidade Urbana; Transportes, Segurança; Meio Ambiente e Sustentabilidade; Urbanização e Arquitetura; Indústria; Novos Modelos de Negócios e de Governança, compreendendo os aspectos fundamentais da economia criativa e colaborativa.

  • Novos modelos de negócios em Cidades Inteligentes, humanas e Sustentáveis
  • Inovação Social, Educação, Cultura e Artes em Cidades inteligentes
  • Tecnologia da Informação e Comunicação para Cidades Inteligentes
  • Arquitetura e Urbanização aplicada à Cidades Inteligentes
  • Mobilidade Urbana Inteligente e Seguança em Cidades Inteligentes
  • Saúde e Qualidade de Vida em Cidades Inteligentes
  • Sustentabilidade e Meio Ambiente em Cidade Inteligentes
  • Fontes de Energias Renováveis e Alternativas em Cidades Inteligentes
  • Governança em Cidades Inteligentes, Humanas e Sustentáveis (Gestão + PDTCI)
  • Projeto Aplicado em Cidades Inteligentes Humanas e Sustentáveis

REGIANE RELVA

Assessora Especial do MCTI – Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. Atuou como CEO da VIP-Systems Informática & Consultoria e Diretora de Pesquisa e Extensão do Facens, onde atua como Coordenadora do MBA de Gestão e Inovação em Cidades Inteligentes. Professora da FGV Management, da FIA, da Fundação Dom Cabral, da USP/Esalq e do Einstein. Escritora. Palestrante internacional tendo proferido palestras na China, Alemanha, Estados Unidos, Colômbia, Cracóvia, Amsterdã, Uruguai, Canadá, Barcelona, Dubai, Portugal, Chile, entre outros. Pesquisadora e Consultora de inovação e tecnologias aplicadas aos negócios e às cidades inteligentes, com mais de 30 anos de experiência. Aperfeiçoou-se em Varejo Internacional pela Universidade de Ohio (USA), em RFID pela Universidade de Arkansas (USA) em Negócios na Universidade Columbia (USA) e em Cidades Inteligentes na Universidade de Lleida (Espanha). Doutora, com distinção, em Administração de Empresas, área de concentração Administração da Tecnologia da Informação FGV-SP. Mestre em Informática - Gerenciamento de Sistemas de Informação pela PUC-Campinas. Tecnóloga em Processamento de Dados pela FIEO. Pós-Graduada em Análise de Sistemas pela FECAP, em Automação e Banco de Dados pelo Mackenzie, em Administração de Ensino 3º Grau pela FIEO, Especialista em Redes / Internet / Intranet e Extranet pela Cyclades e UNIFIEO. Vencedora do Prêmio ID People Awards. Atuou como Coordenadora Geral do Smart Campus FACENS, programa que recebeu o Prêmio Top Educacional 2016, o Prêmio Inovação da GS1 na Categoria Educação, também em 2016, o Prêmio Smart City UK – London 2017, em 2018 o Prêmio "Best IoT Technology Development Award - IDTechEx Europe, o “Melhor da Academia 2018 – ABRFID” e o InovaCidade 2019 - ISCBA. Nos últimos anos, tem se dedicado à participação em feiras e congressos internacionais com foco na busca por tecnologias emergentes aplicadas ao varejo, aos negócios em geral, educação, saúde, cidades inteligentes e Internet das Coisas (IoT).

Currículo Lattes

(*) Os descontos são válidos apenas para mensalidades pagas até a data do vencimento. Após o vencimento, é cobrado o valor integral da mensalidade, acrescido de juros/multa.
ATO LEGAL: Curso oferecido em conformidade com a Resolução nº 1, de 6 de abril de 2018, do Conselho Nacional de Educação / Câmara de Educação Superior.